Apitoxina Alergen (apis mellifera) 30ml Ver maior

Apitoxina Alergen - líquida (Apis Mellifera) - 30ml

006

Produto novo

Apitoxina Alergen - líquida (Apis Mellifera) - 30ml

A base de veneno de abelhas dinamizado. 100% natural - (uso exclusivo opoterápico)

A Apitoxina possui excelentes propriedades. Leia a descrição completa e conheça esse poderoso agente imunológico.

Mais detalhes

Este produto retornará ao estoque em breve

R$ 31,90


Verifique custos de envio

   CEP:

Mais informações

Apitoxina Alergen - líquida (Apis Mellifera) - 30ml 

A base de veneno de abelhas dinamizado. 100% natural - (uso exclusivo opoterápico)

Descrição do Produto:

Apitoxina Alergen - líquida (Apis Mellifera) - 30ml 

A base de veneno de abelhas dinamizado. 100% natural - (uso exclusivo opoterápico).

Informações científicas sobre a apitoxina: 

Desde a antiguidade, o veneno de abelhas (apitoxina) vem sendo utilizado na medicina. A apitoxina contém muitas propriedades poderosas e componentes

farmacológicos únicos. Isso inclui 11 peptídeos, 5 enzimas, 3 aminas fisiologicamente ativas, carboidratos, lipídios e aminoácidos. Os peptídeos da apitoxina tem efeitos anti-

inflamatório, antibacteriano e antipirético sobre o corpo.

As abelhas têm sido utilizadas há muito tempo para fins medicinais. Na antiguidade, Hipócrates, o pai da medicina, pulverizava abelhas e seus ferrões para suas práticas médicas

e Carlos Magno, no século VIII, foi tratado com picadas de abelhas para combater inflamações nas juntas (MAIA, A.B., 2002; BRODAMAN, J., 1962).

A Apiterapia é uma modalidade da medicina alternativa que usa os produtos da colméia como mel, própolis, pólen apícola, geléia real, cera, apitoxina dentre outros com fins

terapêuticos em seres humanos e animais (DIAZ et al., 2010; NORDI, et al., 2014).

A apiterapia com a apitoxina foi utilizada pelos antigos egípcios como remédio homeopático para a artrite e tem sido bem documentada, desde então, como tratamento das

enfermidades do sistema imune, das alergias, das viroses e das doenças inflamatórias há mais de 1.000 anos (HEGAZI, 2011).

Apitoxina ou veneno de abelhas:

Apitoxina é uma palavra latina que significa: apis – abelha e toxikon – veneno. As abelhas Apis Melífera produzem a apitoxina para sua proteção e defesa contra inúmeros

inimigos naturais (NOGUEIRA-COUTO; COUTO, 2002). Segundo ALVES, E. M., 2011 a apitoxina é um dos mais importantes produtos da apicultura, pela diversidade de suas

atividades farmacológicas, com ricas fontes de peptídeos biologicamente ativos. Seus principais componentes são proteínas (enzimas) de massa molecular entre 9.000 e 170.000

daltons; peptídeos com massas entre 2.000 a 1.500 daltons, entre os quais podem ser mencionados a melitina, apamina, secapina, tertiapina, peptídeo 401, procamina e

adolapina, e aminas biologicamente ativas, incluindo a histamina, adopamina e noraepinefrina.

Fonte de informação científica: Trechos extraídos de "Apitoxina e sua Atividade Anti-inflamatória e Anti-nociceptiva." Revista Brasileira de Agrotecnologia (Garanhuns – PE - Brasil) v.4,n.1,p. 01-05, Jan-Dez, 2014. Disponível em: http://gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/viewFile/3641/pdf-01

Características do Produto:

Produto Orgânico? Sim.

Produto 100% Natural? Sim.

Sem Açúcar? Sim.

Sem Glúten? Sim.

Sem Álcool? Contém álcool de cereais (origem vegetal).

Livre de Corantes Artificiais? Sim.

Livre de Aromatizantes Artificiais? Sim.

Livre de Conservantes Artificiais? Sim. (Somente conservante de origem vegetal.)

Composição do Produto:

A base de veneno de abelhas Apis Mellifera.

Compõe-se de água e substâncias ativas como a apamina, melitina, fosfolipase e hialuronidase e aminoácidos.

A Apitoxina Alergen contém fosfolipase A, de 17 a 19 U/mg proteína.

Embalagem conteúdo líquido: 30ml

Administração: Gotas sublingual

Cuidados:

Agite antes de usar.

Consumir o produto de preferência no 1º mês após aberto o frasco.

Manter o produto ao abrigo da luz, calor e umidade.

Manter em local seco e fresco.