Apis Venenus - Gel com Apitoxina e Geléia Real 15g Ver maior

Gel com Apitoxina e Geléia Real - Apis Venenus - 15g

009

Produto novo

Gel com Apitoxina e Geléia Real - 15g

O Gel com Apitoxina e Geléia Real é um produto de apicultura orgânica 100% natural.

Mais detalhes

Este produto retornará ao estoque em breve

R$ 28,90


Verifique custos de envio

   CEP:

Mais informações

Gel com Apitoxina e Geléia Real - Apis Venenus - 15g

O Gel com Apitoxina e Geléia Real é um produto de apicultura orgânica 100% natural.

Descrição do Produto:

A Apitoxina gel é um anti-inflamatório natural de uso tópico para lesões ligamentares, lesões esportivas, osteoartrites, reumatismo e edemas. Analgésico natural para dores musculares, torcicolo, coluna, articulações e ciático.

O produto Gel com Apitoxina é utilizada para tratamento terapêutico em afecções articulares e processos inflamatórios.

Informações científicas sobre a apitoxina: 

Desde a antiguidade, o veneno de abelhas (apitoxina) vem sendo utilizado na medicina. A apitoxina contém muitas propriedades poderosas e componentes

farmacológicos únicos. Isso inclui 11 peptídeos, 5 enzimas, 3 aminas fisiologicamente ativas, carboidratos, lipídios e aminoácidos. Os peptídeos da apitoxina tem efeitos anti-

inflamatório, antibacteriano e antipirético sobre o corpo.

As abelhas têm sido utilizadas há muito tempo para fins medicinais. Na antiguidade, Hipócrates, o pai da medicina, pulverizava abelhas e seus ferrões para suas práticas médicas

e Carlos Magno, no século VIII, foi tratado com picadas de abelhas para combater inflamações nas juntas (MAIA, A.B., 2002; BRODAMAN, J., 1962).

A Apiterapia é uma modalidade da medicina alternativa que usa os produtos da colméia como mel, própolis, pólen apícola, geléia real, cera, apitoxina dentre outros com fins

terapêuticos em seres humanos e animais (DIAZ et al., 2010; NORDI, et al., 2014).

A apiterapia com a apitoxina foi utilizada pelos antigos egípcios como remédio homeopático para a artrite e tem sido bem documentada, desde então, como tratamento das

enfermidades do sistema imune, das alergias, das viroses e das doenças inflamatórias há mais de 1.000 anos (HEGAZI, 2011).

Apitoxina ou veneno de abelhas:

Apitoxina é uma palavra latina que significa: apis – abelha e toxikon – veneno. As abelhas Apis Melífera produzem a apitoxina para sua proteção e defesa contra inúmeros

inimigos naturais (NOGUEIRA-COUTO; COUTO, 2002). Segundo ALVES, E. M., 2011 a apitoxina é um dos mais importantes produtos da apicultura, pela diversidade de suas

atividades farmacológicas, com ricas fontes de peptídeos biologicamente ativos. Seus principais componentes são proteínas (enzimas) de massa molecular entre 9.000 e 170.000

daltons; peptídeos com massas entre 2.000 a 1.500 daltons, entre os quais podem ser mencionados a melitina, apamina, secapina, tertiapina, peptídeo 401, procamina e

adolapina, e aminas biologicamente ativas, incluindo a histamina, adopamina e noraepinefrina.

Fonte de informação científica: Trechos extraídos de "Apitoxina e sua Atividade Anti-inflamatória e Anti-nociceptiva." Revista Brasileira de Agrotecnologia (Garanhuns – PE - Brasil) v.4,n.1,p. 01-05, Jan-Dez, 2014. Disponível em: http://gvaa.com.br/revista/index.php/REBAGRO/article/viewFile/3641/pdf-01

Características do Produto:

Produto Orgânico? Sim.

Produto 100% Natural? Sim.

Sem Álcool? Sim.

Livre de Corantes Artificiais? Sim.

Livre de Aromatizantes Artificiais? Sim.

Livre de Conservantes Artificiais? Sim.

Composição do Produto:

Gel com Apitoxina e Geléia Real, Própolis e Cera de Abelhas

Embalagem conteúdo : 15g

Administração do produto: Uso externo, por fricção na área afetada.

Cuidados:

Manter o produto ao abrigo da luz, calor e umidade.

Manter em local seco e fresco.